Mistério de objetos não identificados abatidos sobre os EUA desperta temores

Mistério de objetos não identificados abatidos sobre os EUA desperta temores

Objeto abatido no Alasca em 13 de abril de 2021 – SkyHub.

 

Três objetos não identificados já foram derrubados por caças sobre a América do Norte e ainda não sabemos o que são.

Algo estranho está acontecendo nos céus do país nos últimos dias.

Após a queda de um grande balão chinês na semana passada, os jatos dos EUA derrubaram mais três objetos não identificados e ainda pode haver vários deles por aí.

O primeiro dos três, que foi descrito como “cinza cilíndrico e prateado”, foi abatido por um F-22 Raptor depois que foi observado voando a uma altitude de cerca de 40.000 pés sobre o Alasca.

O segundo foi abatido pouco tempo depois sobre o Canadá, seguido por um terceiro sobre Michigan.

De acordo com o governo americano, os três objetos abatidos desde sexta-feira (10/02) não se assemelham muito com o balão chinês derrubado na semana anterior e são menores do que ele. No entanto, somente com a recuperação dos destroços será possível dar mais detalhes.

No domingo (12/02), o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, disse à emissora americana ABC que os objetos abatidos eram balões, embora menores do que o veículo chinês derrubado. Schumer disse que recebeu a informação do conselheiro de segurança nacional de Biden, Jake Sullivan. Ele acrescentou que o segundo e o terceiro objetos abatidos voavam a uma altitude de 40 mil pés, ou seja, bem mais baixa do que a do balão, que voava a aproximadamente 60 mil pés.

O objeto abatido no sábado sobre Yukon, no Canadá, foi descrito por autoridades dos EUA como um balão significativamente menor do que o chinês. Já o objeto abatido na sexta teria a forma mais cilíndrica e foi descrito como um tipo de dirigível. Ambos seriam do tamanho de um fusca e acredita-se que ambos tenham uma carga útil, anexada ou suspensa a eles, de acordo com os funcionários que falaram com a agência de notícias Associated Press sob condição de anonimato.

Objeto abatido no Alasca em 13 de abril de 2021 – SkyHub.

 

O quarto objeto abatido foi descrito como uma estrutura octogonal com cordas penduradas e não foi considerado uma ameaça militar. No entanto, poderia representar um perigo para a aviação civil, pois voava a cerca de 20 mil pés. Segundo o governo americano, ele não tinha uma “carga útil discernível” e foi abatido por “cautela”.

Até agora, apenas o primeiro objeto foi atribuído a Pequim. Não há informações sobre a origem dos demais três objetos.

© 2023, . Esfera Ciência – All rights reserved.