Monte em forma de pirâmide com 30 cadáveres pode ser o monumento de guerra mais antigo do mundo.

Monte em forma de pirâmide com 30 cadáveres pode ser o monumento de guerra mais antigo do mundo.

1 de junho de 2021 Off Por dekster

Crédito da imagem: Projeto de resgate do Eufrates e publicações da antiguidade.

 

Um enorme cemitério contendo os corpos de pelo menos 30 guerreiros na Síria, pode ser o mais antigo memorial de guerra já descoberto, datando de pelo menos 4.300 anos no local agora submerso de Tell Banat, disse uma equipe de arqueólogos.

O memorial também é o primeiro exemplo de um tipo particular de monumento descrito em inscrições antigas da Mesopotâmia, nas quais os corpos de inimigos ou mortos em batalha são empilhados para formar uma estrutura altamente organizada.

Essa descoberta também mostra “que os povos antigos homenageavam os mortos em batalha, assim como nós”, disse Anne Porter, professora de civilizações do Oriente Próximo e do Oriente Médio da Universidade de Toronto, em um comunicado. “Não sabemos se eles foram os vencedores ou os perdedores dessa batalha. Sabemos que eles [o povo de Tell Banat] levaram os corpos dos mortos de algum outro lugar, talvez muito depois do evento, e os enterraram em um monte enorme que era visível a quilômetros de distância “, disse Porter no comunicado.

 

 

Embora o local tenha sido escavado entre 1988 e 1999 por uma equipe liderada por Porter e Thomas McClelland, que na época eram arqueólogos do Projeto de Salvamento do Eufrates, os pesquisadores não entenderam totalmente seu propósito até agora. Eles realizaram essas escavações antes que o local fosse inundado pela construção da barragem de Tishreen.

Desde então, esses mesmos arqueólogos, junto com alunos de graduação da Universidade de Toronto, examinaram de perto os achados, determinando que o local era provavelmente um memorial de guerra, possivelmente o exemplo mais antigo conhecido no mundo. Eles também descobriram que o memorial foi construído no topo de uma estrutura anterior.

© 2021, Esfera Ciência . Todos os direitos reservados. É permitida a copia da matéria desde que o link do artigo seja citado.