Vila perdida emerge de lago italiano

Vila perdida emerge de lago italiano

19 de maio de 2021 Off Por dekster

Créditp da imagem: AFP.

 

 

Obras de reparo em um reservatório na Itália revelaram os restos de uma vila que esteve submersa por décadas.

O Lago Resia, no norte do país, é mais conhecido pela torre da igreja que emerge de suas águas geladas.

A cena icônica até inspirou um livro e uma série da Netflix.

Mas com o lago temporariamente drenado, os moradores puderam ver os vestígios finais de Curon, uma vila que já foi o lar de centenas de pessoas antes de ser inundada para criar uma usina hidrelétrica em 1950.

O Lago Resia – ou Reschensee como é conhecido em alemão – fica no Tirol do Sul, a região alpina que faz fronteira com a Áustria e a Suíça.

Fotos compartilhadas nas redes sociais mostram degraus, porões e paredes no que normalmente seria o leito do lago, perto da torre da igreja mais reconhecível do século XIV.

Crédito: LUISA AZZOLINI

 

 

A aldeia de Curon foi perdida pelas águas em 1950, quando as autoridades decidiram construir uma barragem e fundir dois lagos próximos – apesar das objeções de seus residentes.

Mais de 160 casas foram submersas e a população de Curon deslocada – embora alguns tenham decidido permanecer na nova aldeia criada nas proximidades.

Hoje em dia, o lago é popular entre os caminhantes no verão, e os visitantes no inverno podem caminhar pela superfície congelada para chegar à torre.

Crédito: LUISA AZZOLINI

Luisa Azzolini, que é da região, tuitou que era uma “sensação estranha” caminhar entre os escombros da antiga vila.

© 2021, Esfera Ciência . Todos os direitos reservados. É permitida a copia da matéria desde que o link do artigo seja citado.