Neva no espaço?

Neva no espaço?

5 de janeiro de 2021 Off Por dekster

Crédito da imagem: Getty Images.

 

Os invernos podem cobrir partes da Terra com neve. Mas como são as condições de inverno em outras partes do universo? Os humanos vão construir um boneco de neve na lua de Saturno, Titã? Alguém terá que tirar o Rover Curiosity de sua vaga em Marte?

A ideia de neve interplanetária parece razoável: tudo o que você precisa é gelo e algo na atmosfera para o gelo se agarrar, certo? A meteorologia espacial é um pouco mais complicada do que isso, mas a ciência espacial emergente confirma que, sim, a neve espacial é realmente possível.

Os exemplos mais bem estudados ocorrem bem ao lado, no Planeta Vermelho. Os cientistas já observaram a queda de neve várias vezes em Marte. Com uma temperatura média de cerca de menos 80 graus Fahrenheit (menos 60 graus Celsius), o planeta próximo certamente é frio o suficiente para nevar.  Em 2008, o módulo de aterrissagem Phoenix da NASA registrou indicio de neve.

 

Enquanto isso, o pólo sul marciano usa uma capa de dióxido de carbono congelado (também conhecido como “gelo seco”) o ano todo. Em 2012, os pesquisadores descobriram uma neve de gelo seco caindo da atmosfera de Marte ao redor do pólo sul pela primeira vez.

 

A neve na superfície pode ser possível em Marte nas condições certas, de acordo com um estudo do final de 2017 na revista Nature Geoscience . Como as temperaturas em Marte podem cair quase 200 graus F (111 graus C) entre o dia e a noite, a turbulência dentro das nuvens é comum.

“Isso pode levar a ventos fortes, plumas verticais indo para cima e para baixo dentro e abaixo das nuvens a cerca de 10 metros [33 pés] por segundo”, disse Aymeric Spiga, cientista planetário da Universidade de Pierre e Marie Curie em Paris.  Sob condições de tempestade como essas, a neve poderia cair na superfície de Marte com rapidez suficiente para durar a noite – mas ainda assim evaporaria na manhã seguinte.

© 2021, Esfera Ciência . Todos os direitos reservados. É permitida a copia da matéria desde que o link do artigo seja citado.