Fenômenos naturais que impressionam até hoje.

Fenômenos naturais que impressionam até hoje.

23 de novembro de 2020 Off Por dekster

 

 

Bolhas de Metano.

Imagem: University of Alaska / Fairbanks.

A cada inverno, à medida que este lago começa a congelar, o que acontece sob a superfície é muito mais curioso do que parece. Bolhas de metano se formam no fundo do lago ao longo do ano e, conforme as temperaturas caem, as esferas sobem e congelam em várias camadas na água.

 

Foto: Caters News Agency.

Porém, esses belos padrões podem ser perigosos; se uma bolha estalar, um gás altamente inflamável é liberado.

 

 

 

Sincronia de Vaga-lumes.

 

FOTO DE RADIM SCHREIBER.

Em uma rara ocorrência de vida não humana trabalhando de maneiras misteriosas, milhares de vaga-lumes se reúnem e brilham simultaneamente a cada poucos segundos durante seu ritual de acasalamento, que dura apenas duas semanas por ano, geralmente em algum momento durante maio ou junho.

 

Flores de algas vermelhas

Foto: Reprodução.

Durante parte do ano, as flores de algas vermelhas dão a este rio do Parque Nacional da Macarena uma cor vermelho rubi vibrante. A época de pico para ver as cores em sua forma completa vai do final do verão ao início do outono.

 

Relâmpagos de Catatumbo.

Imagem: Chris Kotsiopoulos.

 

Onde o rio Catatumbo encontra o Lago Maracaibo, um raio atinge, de fato, duas vezes o mesmo lugar. Sabe-se que o fenômeno acontece até 250 vezes por quilômetro quadrado (0,4 milhas) por ano, levando a até 300 dias de tempestade por ano, com a melhor época para visualização que vai de junho a novembro. A NASA informa que é a maior concentração de relâmpagos da Terra.

 

Mar das Estrelas, Vaadho, Maldivas

Imagem: Nature Picture Library / Alamy.

As Maldivas são conhecidas por suas belas águas turquesa e bangalôs, mas o que está acontecendo logo abaixo do mar é pelo menos impressionante. No final do verão, os recifes ao redor das Maldivas se enchem de fitoplâncton bioluminescente; inflamados pelo movimento das ondas, eles fazem a água brilhar como um céu estrelado.

 

© 2020, Esfera Ciência . Todos os direitos reservados. É permitida a copia da matéria desde que o link do artigo seja citado.