Poluição matando vida marinha no Extremo Oriente da Rússia

Poluição matando vida marinha no Extremo Oriente da Rússia

5 de outubro de 2020 0 Por dekster

Crédito da imagem: YOLA_LA / INSTAGRAM.

Muitas criaturas mortas do mar foram parar nas praias de Kamchatka, no extremo leste da Rússia, no que está sendo tratado como um grande incidente de poluição marinha.

Vídeos e fotos postados nas redes sociais mostram polvos mortos, focas e outras formas de vida marinha sem vida, bem como uma grande extensão de oceano descolorido.

Crédito da imagem: YOLA_LA / INSTAGRAM.

Os residentes locais que usaram as praias do Pacífico reclamaram de vômitos, febre, erupções cutâneas e pálpebras inchadas.

A análise inicial detectou derivados de petróleo e fenol na água.

O grupo ambientalista Greenpeace chamou de “um desastre ecológico”.

Kamchatka é uma das regiões mais remotas da Rússia, famosa por sua natureza intocada e vulcões ativos.

“Começamos a ver que algo estava errado com a água porque depois de uma surfe normal você se sente bem, mas desta vez parecia que tínhamos os olhos queimados, não podíamos nem ver direito”, disse o surfista local Rasul Gadzhiev.

 

Referência: YOLA_LA / INSTAGRAM.

© 2020, Esfera Ciência . Todos os direitos reservados. É permitida a copia da matéria desde que o link do artigo seja citado.