Crédito da imagem: ESA.

Cientistas confirmaram a existência de um grupo de lagos ocultos sob a região do pólo sul do planeta. Em 2018, os cientistas descobriram o que eles acreditavam ser o primeiro lago subterrâneo de água líquida em Marte, no entanto, na época não havia dados suficientes para confirmar se esse era o caso.

Agora, porém, os dados de radar da órbita da espaçonave Mars Express da Agência Espacial Européia não apenas confirmaram a existência deste lago, mas também identificaram três lagos menores ao seu redor.

“Identificamos o mesmo corpo d’água, mas também encontramos três outros corpos d’água ao redor do principal”, disse a co-autora do estudo, Elena Pettinelli, da Universidade de Roma.

“É um sistema complexo.”

A chave da descoberta foi o instrumento a bordo do Mars Express, que usa ondas de rádio para determinar quais tipos de materiais existem em qualquer local do planeta. De acordo com as descobertas, o maior lago central mede 30 quilômetros de diâmetro, enquanto os três lagos menores ao redor têm alguns quilômetros de largura.

A descoberta é importante porque lagos como esses podem abrigar vida alienígena primitiva.

Dito isso, para que exista água em Marte, é provável que tenha um teor de sal muito alto, o que pode representar um problema para sua habitabilidade.

 

 

Referência: Nature.

© 2020, . Esfera Ciência – All rights reserved.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *