Vila antiga sofreu impacto por um cometa.

Vila antiga sofreu impacto por um cometa.

9 de setembro de 2020 0 Por dekster

Crédito da imagem: Nature.

Um novo estudo indicou que uma aldeia síria foi destruída por destroços de um cometa há 13.000 anos. Situado no norte da Síria, o vilarejo de Abu Hureyra foi originalmente colonizado por caçadores-coletores que viviam da terra até que uma seca os forçou a mudar para uma forma primitiva de agricultura.

Então, um dia, por volta de 13.000 anos atrás, um evento cataclísmico de repente varreu a vila do mapa e ninguém foi capaz de concordar sobre o que exatamente aconteceu.

Evidências descobertas durante uma escavação arqueológica no local na década de 1970 indicaram que o assentamento foi engolfado em chamas, no entanto, não ficou claro se o incêndio tinha começado no solo ou se algum tipo de evento cósmico destrutivo ocorreu na região.

Agora, o arqueólogo Andrew Moore, que liderou a equipe que originalmente escavou o local, deu uma nova olhada nas evidências na tentativa de resolver o mistério de uma vez por todas. Usando técnicas experimentais para replicar os materiais encontrados na aldeia, os pesquisadores foram capazes de determinar que certos minerais encontrados no solo teriam exigido temperaturas superiores a 2.000 graus Celsius para derreter – algo que não poderia ser alcançado com um fogo convencional .

“É impossível explicar esses minerais no vidro derretido por qualquer processo natural que não seja um evento de impacto cósmico”, disse Moore.

O culpado mais provável, os pesquisadores agora acreditam, foi um aglomerado de detritos cometários.

“Propõe-se que os maiores aglomerados de detritos cometários sejam capazes de causar milhares de explosões aéreas em um intervalo de minutos em um hemisfério inteiro da Terra”, escreveram eles.

“Um encontro com tal aglomerado de destroços de um milhão de km de largura seria milhares de vezes mais provável do que uma colisão com um cometa de 100 km de largura ou um asteróide de 10 km de largura.”

 

 

Referência. Nature

 

 

© 2020, Esfera Ciência . Todos os direitos reservados. É permitida a copia da matéria desde que o link do artigo seja citado.