Crédito de imagem: Universidade de Glasgow

Tirada por uma equipe da Escola de Física e Astronomia da Universidade de Glasgow, a imagem mostra uma forte forma de entrelaçamento quântico, onde duas partículas interagem e compartilham seus estados físicos.

Albert Einstein descreveu essa ação como “assustadora” porque ocorre instantaneamente, independentemente de quão distantes estejam as duas partículas – um fato que parecia entrar em conflito com sua Teoria Especial da Relatividade.

A conexão é conhecida como emaranhamento de Bell (em homenagem ao físico John Bell).

“A imagem que conseguimos capturar é uma demonstração elegante de uma propriedade fundamental da natureza, vista pela primeira vez na forma de uma imagem”, disse. Paul-Antoine Moreau.

“É um resultado empolgante que pode ser usado para avançar no campo emergente da computação quântica e levar a novos tipos de imagens”.

 

Referência: News Sky.

© 2019 – 2020, . Esfera Ciência – All rights reserved.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *