Crédito imagem : Science Pictures ltd / SPL /

Os cientistas envolvidos no estudo irão injetar células humanas em embriões de ratos e camundongos. Pesquisadores planejam acompanhar o desenvolvimento dos órgãos das criaturas resultantes ao longo de dois anos após o nascimento dos bebês híbridos.

De acordo com a Nature , o cientista japonês Hiromitsu Nakauchi, que lidera várias equipes de pesquisadores da Universidade de Tóquio e Stanford, planeja colocar células humanas dentro de embriões de ratos e camundongos para transformá-las em substitutos e, assim, desenvolver híbridos humanos-animais com órgãos que podem ser transplantados em pacientes humanos.

Teoricamente, o objetivo desses experimentos controversos é produzir órgãos humanos suficientes para ajudar as pessoas que agora estão nas listas de espera dos órgãos doados.

 

 

Referência: Nature.

© 2019 – 2020, . Esfera Ciência – All rights reserved.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *